Psicologia

Etharums ser quidem rerum facilis dolores nemis omnis fugats vitaes nemo minima rerums unsers sadips amets.

PSICOLOGIA

Psicologia

 

Todos nós passamos por dificuldades em determinados momentos das nossas vidas: problemas relacionais, sentimentos de ansiedade relacionados com o trabalho e família, stress, dificuldades sexuais, angústias, tristeza, perda de alguém importante, problemas com comportamentos aditivos (jogo, consumo de álcool e drogas), perturbações alimentares, medos, pânico, raiva, etc…

A psicoterapia e o aconselhamento são uma das formas de compreendermos estas vivências e recuperarmos a capacidade de lidarmos com elas e as ultrapassarmos.

Assim, sempre que sentimos não ser capazes de resolver os problemas que nos aparecem ou sempre que sentimos que esses mesmos problemas estão a interferir de forma negativa no nosso dia-a-dia, devemos procurar a ajuda de um técnico.

Não é necessário sofrer de depressão ou alguma perturbação emocional ou de comportamento para procurar ajuda. Para além dos motivos mais correntes, pode consultar um psicólogo por sentir tristeza, estar em fase de luto, sentir ansiedade, dificuldades nas relações, dificuldades relacionada com o aspecto corporal, dificuldades em adormecer, dificuldade na adesão ao processo terapêutico decorrente de doença (ex. cancro)… Ou simplesmente por não se sentir bem, sem energia nem paciência para enfrentar o dia-a-dia.

O psicólogo clínico dispõe das “ferramentas” necessárias para que, através de uma relação colaborativa de empatia e confiança, os pacientes possam, num ambiente de sigilo, compreensão e ausência de julgamento, formar com o psicoterapeuta uma aliança que visa a exploração, reconhecimento e mobilização de recursos necessários à resolução das dificuldades presentes (e futuras) da pessoa que procura ajuda.

DRA. LILIANA RIBEIRO
DRA.LILIANA RIBEIRO